Quais doenças podem ser detectadas pela endoscopia nos animais?

Apesar de algumas pessoas acharem normal que cães e gatos vomitem ou tenham diarréia de vez em quando, é bom ficar alerta.

Gatos e cachorros, por exemplo, não costumam distinguir muito o que ingerem, e isso pode causar problemas graves no trato digestivo deles.

Se você perceber que seu animal de estimação está com comportamento estranho, há sangue nas fezes ou está vomitando, é bom levá-lo ao veterinário.

Depois de fazer um exame clínico detalhado no animal e realizar alguns exames básicos o médico veterinário pode solicitar uma endoscopia, para um diagnóstico precoce e resolução do problema.

É preciso estar atento com os objetos que estão ao alcance do animal. Gatos e cachorros são curiosos e usam a boca para brincar com o que encontram pela frente. Se acharem o gosto “interessante”, não hesitarão em engolir. E isso pode se transformar em um problema bem sério.

Patologia veterinária

Por não fazerem distinção do que é bom comer ou não, é comum que os animais acabem por ingerir objetos estranhos. Gatos, por exemplo, podem ingerir linhas e barbantes. Cachorros podem engolir praticamente qualquer objeto pequeno o suficiente para passar pela boca.

Muitas vezes, depois da endoscopia, há relatos de animais que precisam até de uma intervenção cirúrgica, seja para retirar o objeto estranho ou mesmo para correção de algum problemas mais grave.

A endoscopia é considerada pelos veterinários uma maneira segura e confiável de explorar o aparelho digestivo dos animais. Por isso, o exame é indicado para colaborar no diagnóstico de inúmeras patologias, além de ser usado também, para a retirada de corpos estranhos do esôfago e do estômago de cães e gatos.

Confira alguns casos em que é preciso fazer endoscopia digestiva em cães e gatos:

  • Vômito crônico ou intermitente (com ou sem sangue);
  • Diarréia crônica ou intermitente
  • Fezes com sangue;
  • Perda de peso;
  • Engasgo;
  • Falta de apetite.

 

Endoscopia canina

Claro que se o animal tem um comportamento fora do normal ou algum dos sintomas listados, é importante investigar para saber se está tudo bem com ele.

O veterinário poderá solicitar outros tipos de exames, além da endoscopia para identificar o problema do animal. Assim que identificado, é possível iniciar o tratamento mais adequado.

Os animais com indicação para fazer endoscopia devem seguir recomendações importantes. Eles precisam estar sem comer alimentos por 12 horas e sem beber água por ao menos 4 horas. É um exame considerado minimamente invasivo e que leva cerca de 40 minutos para ser realizado.

Assim como a maioria dos humanos, os animais também fazem o exame sob anestesia, sem sentir qualquer tipo de dor ou desconforto.

A endoscopia é cada vez mais admirada pelos médicos veterinários, pois é um dos poucos exames pelo qual é possível diagnosticar o problema e muitas vezes também corrigi-lo, como é o caso dos corpos estranhos.

Com o uso da endoscopia digestiva alta e baixa (também conhecida como colonoscopia) podemos avaliar boa parte do trato gastrointestinal dos cães e gatos, diagnosticando enfermidades de forma INDOLOR e RÁPIDA, permitindo assim uma recuperação mais precoce com uso reduzido de medicamentos.

 

vetscope-blog-foto-renan-medico-foto-04

MV Renan Medico da Silva
CRMV SP 26659

Formado em Medicina Veterinária pelo Centro Universitário Barão de Mauá (2009).
Residência em Clínica Médica de Pequenos Animais pela Universidade de Marília – UNIMAR (2011).
Especialização em Medicina Intensiva Veterinária e de Emergências – CETAC/UNIP (2015).
Certificação ABC TRAUMA pela Academia Brasileira de Medicina Intensiva Veterinária – BVECCS (2016).
Professor do Centro de Aprimoramento Profissional e Especialidades Veterinárias – CAPESVET (Desde 2015).
Médico Veterinário da UTI VET – Ribeirão Preto/SP (Desde 2012).
Fundador da VET SCOPE Endoscopia Veterinária (2016).
Especialização em Gastroenterologia de Cães e Gatos – ANCLIVEPA/SP (Em andamento).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *